Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 13 de março de 2014

A SEREIA E O TRITÃO

A SEREIA E O TRITÃO
O dia infinito
longo para acabar
a noite era triste
eu triste a pensar
na solidao do lugar
pensar naquela historia
na minha dor
no meu amor
só tive aquele mar
para me consolar
E o Tritão?
Fugiu... sumiu?
nadou para bem longe
longe da minha cançao
pra longe do meu coração
E meu cantar era triste
cantar triste de Sereia
só aumentou a minha dor
olhando o mar até o infinito
até onde a vista alcança
procurando e nao encontrei
voce, que nadou pra longe
pra longe da minha vida
e me deixou muito só
chorei lágrimas salgadas
e foram as minhas lagrimas
lágrimas de despedida
que formaram aquele lago,
lagrimas de desespero
por todo o amor perdido
perdido naquele lugar
no fundo daquele mar
ÊIDINA QUEIROZ, em 13\03\2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário