Google+ Followers

Google+ Followers

sábado, 21 de setembro de 2013

POETANDO

Poetando, eu?

Depois de ler, amei voce
Para que serve saber
se está sol ou vai chover,   
se o trem está pra chegar,
se a barca vai atrasar,
se as notícias são ruins,
se é dia e faz calor,
ou se é noite de luar.
o que eu quero é encantar.
Para que serve uma canção?
para tocar o meu coração?
nao, ele esta ocupado
transbordando de paixão
Para que serve a poesia?
Poeta, pode parar...
para que continuar?
não vai adiantar...
os deuses estao dormindo
as dúvidas estão sumindo
e dádivas vao surgindo
estou apenas seduzindo...
Sou a menina esperança
que chego com travessuras
com cara de fada sapeca
gostas das coisas que conto?
conto, reconto, aumento um ponto
meu otimismo  encanta?
meu sorriso, minha alegria
espontânea  contagia
fazendo voce gargalhar
deixando seu riso no olhar
Como é doce lhe encontrar
falando mansinho, bom bom
que bom e rindo pra me encantar

ÊIDINA QUEIROZ 08.09.2013

2 comentários:

  1. Deste conjunto de 4 poemas, este parece-me o melhor.
    Linguagem poética, ritmo, belo jogo de imagens e de palavras.
    Parabéns!

    FF

    ResponderExcluir
  2. Obrigada meu amigo Fernando, que não é o Pessoa, mas igualmente admirado por mim.

    ResponderExcluir