Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 11 de agosto de 2013

DEUS - CASIMIRO DE ABREU

DEUS
 
Eu me lembro! eu me lembro! — Era pequeno
E brincava na praia; o mar bramia
E, erguendo o dorso altivo, sacudia
A branca escuma para o céu sereno.
 
E eu disse a minha mãe nesse momento:
“Que dura orquestra! Que furor insano!
Que pode haver maior do que o oceano,
Ou que seja mais forte do que o vento?!”
 
— Minha mãe a sorrir olhou pr'os céus
E respondeu: — “ Um Ser que nós não vemos
É maior do que o mar que nós tememos,
Mais forte que o tufão! meu filho, é — Deus!”—
 
Estudei num colégio salesiano, na Amazônia, Instituto Maria Auxiliadora, tínhamos aulas de redação e literatura, nem sei se os alunos de hoje, podem desfrutar destas maravilhas, pois bem, quando eu conheci esta poesia fiquei encantada,  foi uma das coisas que mais me deixou impressionada e passei quase que a minha vida toda perguntando aos amigos, conhecidos se sabiam desta poesia, a resposta era quase sempre a mesma: não conheço, eu já li Casimiro de Abreu, mas não conheço esta poesia. Graças a internet e ao meu salvador Google eu pude ler, não só essa, mas outras e outras, não só do Casimiro de Abreu, mas de outros poetas igualmente apreciados e amados por mim. Deixo aqui essa lindeza, para que todos, que gostam e assim o desejar, possam ler e\ou recordar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário